Wednesday, July 19, 2006

A Ética Do Mal Necessário


O fato de terroristas impregnados de fanatismo religioso pretenderem eliminar sumariamente seus adversários é terrível. Este é o tipo de gente que não suporta a diferença, a expressão da vida em outras formas. É o caso do resbolá, do nazismo, do franquismo e da Ku Klux Klan. O fato de Israel ter se tornado um estado infanticida também é terrível. Seguem, por razões um pouco diferentes, o mesmo tipo de estratégia sanguinária contra inocentes de todas as idades e nacionalidades. Contudo, o que tem me deixado mais impressionado neste momento é o apoio de alguns intelectuais e políticos liberais (no sentido americano)nos EUA a esta insânia. O amigo Renato enviou um artigo nauseante sobre os motivos de Israel para os cometer ataques e sobre como "não há outro jeito". COMO NÃO HÁ ??? Talvez não haja outra forma de agir para terroristas como aqueles do 11 de semtembro, ou para os comandos SS de Hitler, mas para uma nação dita democrática não há outro jeito de "se defender", neste momento, sem matar crianças?? É a ética do mal necessário, das bombas necessárias, do desespero necessário, do assassinato "seletivo" necessário, da tortura necessária, do estupro necessário, dos campos de concentração necessários, da solução final necessária... E "bomba neles" como disse o verme moral Mainardi.
Sinto-me realmente enojado dessa gente que, na falta alma, entranhas, neurônios para enfrentar e pensar este conflito, se antecipa em justificar o mal absoluto com tanta rapidez e presteza.

3 Comments:

Blogger marden said...

para condutas genocidas ditas necessárias, nojo necessário.

6:52 PM  
Blogger msilvaduarte said...

Bem dito, Maurício.
É a hipocrisia necessária fazendo seu jogo e escola.

4:32 PM  
Anonymous Katarina said...

Marden mandou bem. Nem há ética, nem necessário. Só o Mal. Walzer poderia ter passado sem essa.

4:58 PM  

Post a Comment

<< Home