Sunday, July 23, 2006

Encerrando o assunto

É meu último post sobre a situação no Oriente Médio e espero não mudar de idéia mesmo se me sentir tentado. Não há muito mais o que dizer ou mostrar aqui. Noam Chomsky, Saramago, Harold Pinter e John Berger foram insuperáveis em sua manifestação sobre o assunto (texto disponível na Palestina do Espetáculo Triunfante e no RS Urgente).Deixo então aqui gravado o que para mim é fundamental:

1) Israel faz uso de terrorismo de estado sob o olhar de todos nós para inviabilizar uma nação palestina e, com este fim, usa variados pretextos.
2) Seus líderes devem ser responsabilizados e penalizados pelo genocídio de centenas de civis inocentes e indefesos de várias idades e nacionalidades.
3) Os aliados de Israel, principalmente os EUA, são co-responsáveis pelo que está havendo e terão responsabilidade na reparação possível dos danos humanos e materiais.
4) Ou a ONU enfrenta dignamente esta situação ou estará condenada definitivamente como instituição que pode dar conta de conflitos internacionais, o que seria gravíssimo.
5) Movimentos terroristas que vitimizam civis ultrapassam os limites do que pode se chamar de resistência e devem ser julgados e punidos pelos seus atos.
6) Deve haver ampla liberdade de crítica aos atos de Israel sem receio de estas críticas sejam interpretadas como "anti-semitismo" pelo simples fato de que Israel deve ser tratado como o que é, ou seja, um estado nacional e não um pobre agrupamento de eternas vítimas da história. Os critérios definidores de algozes e vítimas são principalmente atos e acontecimentos e não apenas conceitos políticos e interpretações históricas, por mais relevantes que sejam.

4 Comments:

Blogger msilvaduarte said...

Análise de uma simplicidade grandiosa, Maurício.

1:09 PM  
Anonymous maurício said...

obrigado.
... o resto é respeitoso silêncio, pelo menos por aqui.

6:35 PM  
Anonymous Marco said...

Assino em baixo....

3:15 PM  
Anonymous marconi leal said...

Muito bom. Belíssimo texto.

12:46 PM  

Post a Comment

<< Home